Nota de Apoio PPGA - Tedson da Silva Souza

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) vem a público se solidarizar e apoiar Tedson da Silva Souza, mestre e doutorando do PPGA. Sua dissertação de mestrado, intitulada "Fazer banheirão: as dinâmicas das interações homoeróticas nos sanitários públicos da Estação da Lapa e adjacências", defendida em 2012 no PPGA, sob orientação de Edward MacRae, e avaliada por Júlio de Assis Simões e Robério Marcelo Rodrigues Ribeiro, pesquisadores e docentes de renome com sólida contribuição científica na área de ciências humanas e sociais, serviu como veículo de expressão de orientações nitidamente homofóbicas, parciais, desinformadas e acusatórias do vlogger Izzy Nobre. A dissertação investiga "práticas de pegação" - caracterizadas, pelos próprios sujeitos da pesquisa, como encontros breves, impessoais e, na maioria dos casos, não mediados por palavra - em banheiros públicos masculinos na Estação da Lapa de Salvador, visando compreender como esse espaço é ressignificado por meio de práticas sexuais e desejos homo-orientados e dissidentes. Por meio de observações in loco, realização de entrevistas e seguindo orientações teórico-metodológicas de correntes da antropologia, a dissertação se propõe a pensar as variáveis de homossexualidade, raça e gênero articuladamente. Nesse sentido, a dissertação de mestrado de Tedson da Silva Souza apresenta contribuições relevantes à linha de pesquisa gênero e sexualidades. O PPGA aproveita o ensejo para manifestar seu repúdio aos ataques homofóbicos, virtuais e presenciais, sofridos por Tedson desde a divulgação dos vídeos do vlogger Izzy Nobre.